quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Flávio Dino, um governo de gambiarras!



Durante a campanha para governador, Flávio Dino disse que "resolveria o probrema da falta de água no Maranhão", já se passaram mais de dois anos de governo e fez foi piorar. 

A cidade de Imperatriz vem sendo penalizada com a falta de água nas torneiras, provocada pela incompetência do governo e a falência da Caema.

A obra de rede de esgoto que vem sendo realizada no bairro Parque do Buriti vem arrebentando as ruas e um tratorista desastrado perfurou um cano de aço com uma retro-escavadeira.

A construtora responsável pela obra parece ser de fundo de quintal.


quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Flávio Dino toca fogo no dinheiro dos maranhenses



2017 vem aí e com ele mais impostos para os maranhenses. Não bastasse o sofrimento com as despesas no início de cada novo ano, o cidadão vai arcar com aumentos gerados pelo incremento do ICMS sancionado pelo governador Flávio Dino.
Preços do combustível, da telefonia, TV a cabo, vão sofrer reajustes porque o governador não consegue conter os gastos dentro do seu próprio governo. Poderia cortar por exemplo o escritório de advocacia Ítalo Azevedo do Detran, contratado ilegalmente, sem licitação, além de outros escritórios aliados contratados para assessoria jurídica que levaram nada menos que R$ 15,8 MILHÕES este ano.
Poderia cortar, por exemplo, as viagens de jatinho que em UM ANO Flávio Dino já gastou R$ 7 MILHÕES apenas com uma empresa, mais que o governo anterior com algo que ele disse que nunca iria utilizar, tamanha sua hipocrisia. Poderia cortar os gastos com propaganda que ele aumentou o orçamento do ano que vem e vai gastar R$ 58,9 MILHÕES para a secretaria que Márcio Jerry comanda.
Poderia também economizar no aluguel de prédios como o da Vigilância Sanitária no valor de R$ 135 mil por mês, que não comporta todo mundo, sem estacionamento suficiente, ainda assim de vários aluguéis Flávio Dino pagou este ano R$ 9,6 Milhões.
E não posso esquecer, poderia economizar também no réveillon já que o Maranhão está na crise e aqui ele vai pagar para sua colega de partido Leci Brandão (PCdoB-SP) R$ 55,2 mil só para cantar uma noite, onde quis privilegiar mais a sua partidária que as atrações que o povo realmente gosta. Mas como bancar esses gastos desnecessários, privilegiar os amigos e a militância? Claro, a população vai pagar a conta pra Flávio Dino, para isso que servem os impostos que o governo arrecada e não aplica onde deveria e precisa.
Fonte: Gilberto Lêda

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Para onde foi o dinheiro da cultura em Imperatriz?



Como é possível a gestão Municipal de Imperatriz-MA se vangloriar de uma Lei que não existe na prática? Ou se existe para onde está indo esse recurso?

Entenda o caso:
Em Imperatriz que tem como secretário da Fundação Cultural o Sr. Lucena Filho, existe uma lei que cria o Fundo de Incentivo a Cultura. Desde inicio de 2014.
Pela lei 0, 8 % do Imposto sobre circulação de qualquer natureza (ISSQN) e 1% do Imposto sobre transmissão de bens e Imóveis (ITBI) serão utilizados para fomentar projetos de Cultura e Arte.
O montante injetaria cerca de 600 a 700 mil por ano na economia da cidade pois teria como meta dar suporte aos projetos dos artistas da cidade e promovedores da Cultura.
Como se vê, a Lei existe mas não funciona. No suplemento do jornal de hoje, a lei aparece como se desse a entender que está sendo cumprida.
Então para onde está indo o recurso da Cultura?
Fonte: CarlosLeen

De sonegador a patrocinador do Carnaval! O que será que aconteceu?

Alguma coisa mudou no intervalo da acusação de que o grupo Mateus tinha sido beneficiado pela chamada “Máfia da Sefaz” – suposto esquema de desvio de recursos de impostos desbaratado pela Secretaria de Transparência do governo Flávio Dino (PCdoB) – e as festas de fim de ano promovidas pelo mesmo governo comunista.
O fato é que, de uma hora para outra, o Mateus passou de suspeito de sonegação a patrocinador do Reveillon do Maranhão, promovido por Flávio Dino.
Ao fatos:
No final de outubro, o promotor Paulo Barbosa Ramos, da Promotoria de Defesa da Ordem Tributária, apresentou denúncia contra a chamada “Máfia da Sefaz” – que tem sérios indícios de ter sido montada pelo próprio governo – e apontou que o Mateus foi um dos beneficiários do esquema.
Segundo Barbosa, a Sefaz beneficiou o grupo empresarial com créditos fiscais fraudulentos da ordem de quase R$ 50 milhões, desde 2013. (Leia aqui)
A denúncia do procurador gerou forte repercussão na imprensa e o próprio Grupo Mateus se pronunciou, afirmando a “legalidade de suas operações fiscais”(Releia aqui)
Desde a resposta do grupo, o assunto parece ter sido esquecido pelo governo Flávio Dino, que, dias depois, apareceu serelepe na inauguração do Mix Mateus Renascença, ao lado do próprio capitão do grupo, Ilson Mateus.
E ainda declarou, convicto:
– O grupo Mateus, um dos maiores do estado, ajuda a desenvolver o Maranhão. (Leia post aqui)
E agora, eis que o mesmo Mateus aparece como patrocinador do governo Flávio Dino no Reveillon do Maranhão, que trará, entre outros artistas, a deputada estadual comunista de São Paulo, Leci Brandão. (Saiba aqui)
Fica no ar a impressão de que alguma coisa mudou entre outubro e dezembro.
Mas este não é mesmo o governo da mudança?!?
Fonte: Marco Deça

Prefeito Madeira vai entregar uma cidade bagunçada para Assis Ramos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, planta, árvore, atividades ao ar livre e natureza

No governo do prefeito Madeira Imperatriz virou uma terra sem dono, onde cada um fazia o que bem queria, a começar pelas secretarias de governo que se transformaram em sub-prefeituras com os secretários se tornando sub-prefeitos. Ruas foram invadidas, quarteirões foram murados, riachos foram aterrados, tudo sob a anuência do governo que praticamente nada fez para impedir os desmandos.

Já no apagar das luzes um espertalhão começou a fazer um muro invadindo a rua que dar acesso a Facimp, foi necessário a intervenção de pessoas ligadas ao prefeito que vai assumir em 1º de janeiro, Assis Ramos, solicitando ao chefe da Defesa Civil, Chico do Oião, que fosse até o local e evitasse mais esse desrespeito com a coisa pública. O muro foi derrubado e construído no local correto.

Presidente de sindicato diz que "Madeira deu uma rasteira nos servidores"

A presidente do sindicato da saúde de Imperatriz em entrevista ao apresentador da TV Difulsora Sul , Josafá Ramalho declarou: (O prefeito de Imperatriz-MA Sebastião Madeira em mais uma de suas manobras de má fé, deu uma rasteira nos servidores da saúde pública). Janete enfatizou que ate o presente momento foram pagos alguns servidores, e que falta muita coisa pra ser acertado com os mesmos.

O jornalista Josafá perguntou o que tava faltando e quem não recebeu os benefícios, e a Presidente respondeu que os servidores que trabalham no Hospital Municipal, Samu e o Materno Infantil não receberam o que deveriam por direito. Outrossim, é que os seletivados da saúde estão com três meses de salários atrasados. Uma vergonha para a gestão pública que não se programou e cometeu esses crimes, e deixou vários Pais e mães de família desguarnecidos. Sobre os vales alimentação ela disse que não recebeu nenhuma resposta da prefeitura, e que ninguém recebeu “nadicadenada” em suas contas.
Josafá Ramalho completou no fim da entrevista dizendo: (O PREFEITO SABE QUE TEM QUE PAGAR O 13* SALÁRIO DE TODOS OS SERVIDORES, E POR QUE NÃO SE PROGRAMOU PARA REALIZAR ESSE COMPROMISSO QUE É DIREITO GARANTIDO POR LEI PARA OS SERVIDORES MUNICIPAIS).
Fonte: Portal do Guigui

Desperdício do dinheiro público no Maranhão vira notícia nacional

O Jornal Nacional mostrou ontem, dia 28, que o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) continua abandonado em São Luís-MA. Na reportagem, o apresentador William Bonner disse que é “um investimento que seria solução de transporte público no Maranhão, acabou virando exemplo de desperdício.”
Os dois vagões do VLT estão jogados ao relento. O que seria para atender 200 mil pessoas por dia, nunca levou ninguém a lugar nenhum. Ficou só no sonho.
Os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos
Os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos
O VLT foi comprado em julho de 2012 pelo então prefeito João Castelo (já falecido), dois meses antes das eleições municipais, sem análise técnica para o projeto ou previsão orçamentária.
O projeto previa que fossem construídos 13 quilômetros de trilhos ligando a região central de São Luís ao bairro do Anjo da Guarda. Mas apenas 800 metros foram colocados. A obra consumiu quase R$ 8 milhões dos cofres públicos.
Após as eleições de 2012, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) alugou um galpão para guardar o VLT. Foram gastos mais de R$ 400 mil com aluguel.
A prefeitura informou que um projeto para colocar o VLT em circulação está em análise no Ministério das Cidades.
Clique e veja a reportagem na íntegra:
Fonte: Luís Pablo

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Polícia localiza carro usado na fuga de suposto matador da gerente do Banco do Brasil em Imperatriz


A polícia dos estados do Maranhão, Pará, Tocantins e Piauí, está a ‘caça’ de Clodoaldo da Silva Alves, acusado de assassinar a gerente de uma das agências do Banco do Brasil de Imperatriz. Elizeuda Vieira foi morta com um tiro na cabeça dentro de um quarto de hotel.



O veículo modelo corola que foi usado na fuga do suposto assassino, foi localizado na cidade de Itinga-MA. A expectativa é que a qualquer momento a polícia encontre Clodoaldo, que já é considerado um foragido da justiça.

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Irmã do Pescoço Lanches é morta a tiros em quarto de hotel pelo ex marido


Na manhã desta segunda-feira,  (26) por volta 8:30h, homem identificado como Clodoaldo matou a ex mulher com um tiro na cabeça em um hotel que fica localizado na rua Leôncio Pires Dourado, ao lado do posto de saúde Milton Lopes, no bairro Bacuri.

A vitima foi identificada como sendo a bancária Elizeuda Vieira de Paula Alves, 29 anos, irmã do empresário Israel Vieira, proprietário do Pescoço Lanches, que fica localizado na Praça de Fátima.

De acordo com informações eles estavam separados há um mês e hoje a mulher resolveu ir ao encontro do ex marido, em meio a uma discussão ele sacou de uma arma e atirou na cabeça da ex mulher que morreu no local.

O Samu esteve no local e constatou o óbito. O corpo foi encaminhado para o IML de Imperatriz. 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-upA imagem pode conter: carro, céu e atividades ao ar livreA imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

Com Flávio Dino no governo 2016 foi uma catástrofe!

Que o ano de 2016 foi difícil em todo país, não resta a menor dúvida. Mas no Maranhão, em especial, a população sofreu com medidas, ações e também com a inércia do governo Flávio Dino, que, por tudo isso, está com a imagem bem desgastada já no segundo ano de gestão.
Durante todo ano, por exemplo, pesaram contra o governo denúncias de atrasos salarias de servidores em diversas secretarias de Estado. Na Secretaria de Saúde, casos de funcionários que além de não receberem seus pagamentos trabalham sem carteira assinada ou contrato, ainda são constantes.
Contratos milionários com empresas de doadores de campanhas e amigos dos membros da administração, inchaços na máquina pública com contratações de correligionários, o uso do dinheiro do Estado para divulgar o governo comunista na imprensa nacional e a quantidade exorbitante de empréstimos já feitos em apenas dois anos, que inclusive poderá endividar o Maranhão, foram fatores que também marcaram o ano e a insatisfação da população.
No quesito (In)segurança, vale destacar a ineficiência e fragilidade das forças policias. Viraram rotina os assaltos em agências bancárias em vários municípios maranhenses. Às vésperas das eleições municipais, ataques à ônibus e escolas na capital maranhense instalaram o medo.
A prova de que nem de longe o governo tinha controle sobre o Estado como prometeu Flávio Dino no seu primeiro dia no comando do Executivo.
Para fechar o ano com “chave de ouro”, o governo aprovou um aumento de imposto que irá mexer bastante com o bolso da população. A partir de março de 2017, as contas de luz e o combustível sofrerão um pesado reajuste.
Um belo presente de natal do governo, que, em 2016, foi uma verdadeira catástrofe para a população.
Governador Flávio Dino
Fonte: Luís Pablo

Esposa de pastor é morta a tiros após ceia de Natal

Patrícia Silva Lima, 37 anos,esposa do pastor Fabio do Novo Milênio  foi Assassinada ao tentar escapar de  tentativa de assalto, quando fechava o portão de casa, por volta das 5 horas da manhã deste domingo(25), no bairro Novo Milênio, em Teresina.

De acordo com informações informações de familiares, a ceia do Natal havia sido realizada lá e o casal já havia se recolhido, quando os últimos convidados deixavam a casa. Patrícia havia se levantado para se despedir, quando dois homens teriam passado pela rua atirando e todos voltaram correndo para dentro da casa.
Patrícia teria conseguido fechar portão, mas uma das balas disparadas pela dupla, atravessou o portão e acertou a mesma, ela ainda correu, mas não conseguiu resistir ao ferimento da bala e morreu na sala da casa.
O corpo da esposa do pastor está sendo velado na Igreja Assembleia de Deus e será enterrado na manhã desta segunda(26).

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Estádio Frei Epifâneo está caindo aos pedaços

A imagem é clara e comprova o descaso da Prefeitura Municipal de Imperatriz. O estádio “caldeirão do frei” como é carinhosamente chamado pelos torcedores apaixonados pelo esporte local, está jogado as traças! E já foi ate alvo de interdição pela equipe dos Bombeiros, por apresentar situações caóticas. No entanto, nada foi resolvido e o majestoso da região sudeste e sul do Maranhão, continua a apresentar sérios problemas.
Como vem sendo relatado em fatos verídicos nesse site, a situação caótica que o prefeito Madeira está entregando a cidade, esse descaso é mais um dos milhares de problema que o atual prefeito está deixando para o próximo gestor resolver. O prefeito eleito Assis Ramos terá um enorme trabalho pela frente! E vai ter que ter pulso firme para administrar essa situação em que está pegando a cidade. O povo está crente nas palavras de Assis! Já o prefeito madeira não está colaborando em algumas partes, e está deixando um “pepino” grande para ser descascado pelo “xerife”
Fonte: Portal do Guigui

A cidade está um buraco só e cadê as mil toneladas de asfalto?

Foi amplamente noticiado pela mídia chapa branca uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Imperatriz para a realização de uma operação tapa-buracos. Seriam utilizadas mil toneladas de asfalto.

O único serviço realizado e de péssima qualidade foi o tapa-buracos na rotatória da Facimp e em dois dois quarteirões de acesso a mesma. 

Infelizmente a cidade continua um buraco só e não se sabe onde foi parar as mil toneladas de asfalto. 

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Flávio Dino não cumpre o que prometeu em campanha

A imagem pode conter: texto

Em campanha Flávio Dino prometeu aumentar a arrecadação sem o aumento de impostos. Depois de Eleito não cumpriu a promessa e ainda quebrou o Estado com o aumento de despesas. Agora o comunista está obrigando os maranhenses cobrirem o rombo provocado com o aumento de impostos.